Home México Chichén Itzá Chichén Itzá e o mistério do Equinócio

Chichén Itzá e o mistério do Equinócio

33
0
SHARE
Chichén Itzá y el misterio del Equinoccio
Chichén Itzá y el misterio del Equinoccio

 

O Que um celular ou um computador, são os melhores invenções do século? Isso é porque não estiveste em Chichen Itza! Onde, com algumas poucas ferramentas que em nada se parecem com as de agora, muita força e excelente precisão, os maias levantaram umas das melhores construções, como por exemplo o famoso Castelo ou Pirâmide de Kukulcán.

O Equinócio é um fenômeno natural, que se caracteriza pelo fato de que o dia e a noite têm a mesma quantidade de horas, pois o sol está sobre a linha do equador. Este episódio, que hoje em dia é conhecido em profundidade já foi previsto pelos maias, que elaboraram suas construções como elementos indicadores de mudança de época. Um fato não menos, considerando que devemos mover-se para milhares e milhares de anos atrás.

Se bem que em todas as ruínas maias se pode falar de um plano prévio, de pedras que não foram colocadas aleatoriamente, em Chichén Itzá, onde se encontram as edificações que mais causam admiração de cientistas e viajantes de todo o mundo. É por isso que cada março e setembro, Chichen Itza é puebla de pessoas para viver o mistério do Equinócio.

O que é que tem de grandiosa esta edificação? Por um lado, o seu tamanho é inegável a grandiosidade desta pirâmide que conta com uma altura de 24 metros e uma largura de 55.5 metros. Ali, de pé e com o sol a ponto de comandar um dos fenômenos mais surpreendentes, se sente ?ninguém?.

Outro dos aspectos que merecem um aplauso para os maias é o cálculo e a preparação da Pirâmide para que a mesma lhes anunciasse um novo tempo. Assim, com 91 degraus de cada lado mais a plataforma no alto, o total é de 365, ó surpresa!, coincide com os dias do ano.

Mas isso não é tudo: ainda temos por descobrir a fachada norte do edifício, onde se pode apreciar a descida de Kukulcán ou serpente emplumada, nesse jogo de luzes que se inicia pela ação do sol. Quando o Deus, nada mais nem nada menos do que com uma extensão de 34 metros, é sinal então de que se iniciam os momentos de plantio, colheita e chuva.

E falta a morango de sobremesa: a forma em que está construída a pirâmide prevê alguns detalhes que permitem que a descida do Deus com suas bênçãos e anúncios não seja de todo silencioso. A altura dos degraus e o espaço que os separar cria um efeito que acompanha a descida, enfatizando alguns sons, enquanto que outros se tornam imperceptíveis.

O mistério do Equinócio em Chichén Itzá é, sem dúvida, algo de mágico. Considerando que os maias são verdadeiros mestres da arte científico, suas facilidades ficam reduzidas a zero se as compararmos com os tempos atuais. Chichen Itza e todas as suas construções são uma verdadeira jóia arquitetônica e um verdadeiro legado do passado que ninguém pode deixar de apreciar.

5/5 (1)

Please rate this

This post is also available in: Español (Espanhol)

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here