Home Destinos Palácio Cantão: de um museu, rodeado de majestade e relíquias maias

Palácio Cantão: de um museu, rodeado de majestade e relíquias maias

39
0
SHARE
Palacio Canton, un museo rodeado de majestuosidad y reliquias mayas
Palacio Canton, un museo rodeado de majestuosidad y reliquias mayas

Seria impossível fazer uma contagem da quantidade de edificações bonitas, luxuosas, enfeitam as ruas da cidade de Mérida, a capital do estado de Yucatán. Dos anos dourados, como também os mais obscuros da história deste país revivem em recintos culturais que se tornam relíquias inestimáveis. Aqueles que visitam esta cidade sensacional concordam que caminhar por suas ruas é viajar no tempo. Será?

São centenas as alternativas que oferece a capital de yucatán, no entanto, realmente imperdível que combina a história colonial, com a indígena é o Palácio Cantão. Sim, o que se encontra localizado em pleno Paseo Montejo, essa imensa casa que, entre outras coisas, foi a antiga residência do Governador Francisco Cantão cor-de-Rosa.

Hoje essa casa, de estilo porfirista que conta com detalhes barrocos que amam, celebrada desde 1966, como o Museu Regional de Antropologia.

Ao chegar ao local não pode conter o suspiro pois esse palácio é, realmente, uma relíquia do estilo Beaux Arts, que se impôs na Europa da Belle Époque. As dimensões da casa são alucinantes, mas, além disso, a mesma abunda em detalhes: mármore de várias cores, pastillaje de gesso, acabamentos delicados em tetos, colunas dóricas e jônicas, uma escadaria de mármore branco e perfeitos jardins.

O Museu de Antropologia, que tem sua sede no palácio te levará a conhecer a vida de maya como não poderá fazê-lo em nenhum outro site. Você entenderá sobre sua organização político-social, de suas crenças sobre a vida e a morte, de como foram avançando em seus conhecimentos de arquitetura para chegar a construir os imensos templos que, atualmente, se escondem na selva mexicana, de seus rituais sagrados e as suas relações comerciais e, é claro, de sua maravilhosa arte como suas típicas esculturas de jade que foram resgatadas do poço de Chichen Itza.

A mostra que está em exibição no Palácio Cantão conforma-se também de alguns elementos coloniais, mas é principalmente pré-hispânica. Entre os primeiros, destacam-se: algumas moedas, armas, roupas, utensílios domésticos e moedas.

Se você é amante da antropologia e da história, não pode perder este curso; se você não é, você também vai achar interessante!

Quer saber mais? Se é assim, você pode participar de um dos workshops e encontros culturais que têm lugar na sede do museu, muitos deles são gratuitos. As temáticas? Porque são muito variadas, mas podem-se mencionar: Código Puuc, arquitetura e urbanismo (o mistério é revelado), Workshop de iniciação à gravura, Mostra de Altares: Hanal Pixán e túmulo retiro, na zona oeste do México, e, diferentes oficinas criativas para crianças.

Além disso, o Museu Regional de Antropologia oferece concertos imperdíveis, tais como os que oferece apenas a Orquestra de Câmara de Mérida. As portas deste recinto cultural que rebalsa de história abrem de terça a domingo, de 8:00 às 17:00 horas.

Aprópiate da história mexicana de Mérida, desfrute de uma escapadela diferente e viaje no tempo!

5/5 (1)

Please rate this

This post is also available in: Español (Espanhol)

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here